O contínuo crescimento do Lions

Companheiros em potencial preexistem. Não nos cabe criá-los, formá-los nem estruturar seu caráter ou tendências. Já estão prontos!
CL Paulo Fernando Silvestre *
Lions é um organismo vivo, com plena vitalidade e vem cumprindo seu objetivo, no tempo e no espaço, experimentando notável evolução e firme e continuado crescimento.

Enquanto os clubes individualmente empenham-se, com cautela e resguardo da instituição, no desenvolvimento do quadro associativo, buscando novos companheiros para sua revitalização, todo o conjunto de Lions: Governadores de Distrito, Presidentes de Conselho de Governadores, clubes e leões, forma unidade de pensamento, ideal e ação, com o imperativo dever de trabalhar pela expansão ou extensão: criação de novos clubes.

Que representam mais clubes? Para que e por que mais clubes? Como?

O desenvolvimento do quadro associativo decorre do ingresso de mais companheiros nos clubes, enquanto a expansão fundamenta-se na organização de mais clubes.

Com novos clubes, teremos naturalmente mais companheiros e mais amigos.

É evidente que todo o trabalho, todo o ideal, toda a dedicação para expansão resumem-se em trazer mais companheiros para o Lions.

As comunidades preexistem aos clubes e proporcionam aos seus cidadãos os fatores componentes de sua formação mental, moral, intelectual e social. Os homens, eles próprios, com os dons que Deus lhes concedeu e a disciplina pessoal e orientações ministradas por seus mentores, promovem-se a si mesmos e passam a merecer o respeito e a admiração, por seu destaque positivo e construtivo em favor do ser humano e do bem comum.

Esses companheiros em potencial também preexistem. Não nos cabe criá-los, formá-los nem estruturar seu caráter ou tendências. Já estão prontos! Cabe-nos, quando ingressam em Lions, instruí-los, informá-los e oferecer-lhes subsídios e exemplos para que possam entender, gostar, amar, servir e permanecer conosco.

A expansão procede de condição subjetiva, subconsciente. Surge do estado de espírito e da conscientização de cada leão.

É preciso que o leão entenda com clareza a importância da expansão. É necessário que se interesse pela expansão. É fator decisivo que colabore mentalmente com o processo de expansão, não ofereça resistência velada e rejeite firmemente qualquer oposição existente em sua mente ou até mesmo em seu coração.

É dever leonístico estimular, apoiar, incentivar e promover o espírito de crescimento. Eis o fator básico: Espírito de expansão.

Cada um de nós conta com todos os elementos inerentes e necessários à expansão. Basta avaliar a comunidade e os cidadãos nela localizados, em condições pessoais e nos ajudar a fazer dignificar o Lions.

E é fácil, muito fácil: basta ter o real interesse e agir. Os leões em potencial estão presentes e à vista de cada um de nós. Cada um de nós conhece cidadãos tão dignos, tão prestativos e tão representativos como todos nós. Cada um de nós conhece cidadãos que têm a mesma afinidade, os mesmos propósitos sociais, o conceito compatível com o nosso convívio e aptidão para participar de nosso objetivo, com pleno êxito e real proveito para o ideal de servir.

Cada um de nós conta com todos os elementos inerentes e necessários à expansão. Basta avaliar a comunidade e os cidadãos nela localizados, em condições pessoais e nos ajudar a fazer dignificar o Lions.

É bom salientar e repetir que nós não "fabricamos" cidadãos elegíveis a leões. Eles já existem. São idênticos a nós mesmos. Apenas não foram lembrados e nem chamados.

Basta nos preocuparmos com o assunto e pensar na grandeza do Lions. Basta despertar em nós o espírito de expansão e sugerir ao Assessor de Extensão da Equipe ACEL do Distrito a organização de um novo clube em área ou localidade que o comporte. Depois dar com entusiasmo todo o apoio a sua formação e ao seu regular funcionamento.

Cada um pode indicar um candidato ou mais e o novo clube estará formado em menos de um mês. O Manual de Extensão propicia a rapidez.

Com o advento de novos associado, que se identificam e afinam com seus padrinhos que, por sua vez se identificam e afinam com todo o grupo, estaremos ampliando o Mundo Leonístico com a mesma identidade, a mesma harmonia, o mesmo ideal, os mesmos anseios e o mesmo amor.

Sem expansão, já temos em Lions amigos e amigos: amigos que conhecemos, amigos que acabamos de conhecer e amigos que ainda iremos conhecer. Com expansão, teremos mais clubes e continuamente, mais amigos!

O desenvolvimento do quadro social produz idêntico e excelente resultado, mas em outro sentido, em outra dimensão. Por isso, a ele todos nos dedicamos com carinho e interesse.

Mais clubes tem sentido de progresso, evolução, força de ideal e mais presença. Mais clubes no Brasil significa mais Brasil na Comunidade Leonística mundial.

Cada novo clube recebe cidadãos que estavam sem o privilégio de ser leão. Cada clube torna-se fonte geradora de mais companheiros, de mais clubes e, especificamente, de mais amigos.

É preciso que cada um pense com interesse e entusiasmo em novos clubes. A expansão precisa ser aceita, discutida, analisada, avaliada, entendida, e encampada por todos nós como vital para nossa sublime instituição.

Tudo depende do despertar de consciência e da compreensão do valor, importância e significação da expansão. E isso é possível e muito fácil em Lions.

É primordial que além do entusiasmo de fundar novos clubes nós devemos nos preocupar em ampliar o quadro associativo do nosso clube e principalmente criar "mecanismos" e/ou mudar nosso comportamento no convívio leonístico a fim de evitar a evasão de companheiros.

Gravemos, pois, em nossa mente, com vibração e euforia a estimulante verdade de que novos clubes trazem novos companheiros e mais companheiros, mais amigos!

Meditemos com carinho sobre o assunto.


CL Paulo Fernando Silvestre * CL Paulo Fernando Silvestre
Editor do site Instruções Leonísticas
Membro da Escola de Preparação de Líderes do Distrito LC-2
Assessor de Instruções Leonísticas do APLIONS
Associado do Lions de São Paulo - Ipiranga - DLC-2
E-mail: paulo@instrucoesleonisticas.jor.br
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".