O Distintivo de Lions

Se falamos tanto sobre frequência e companheirismo, também devemos ter a "coragem" de nos identificarmos
CL Paulo Fernando Silvestre *
Há tempos venho notando o descaso de companheiros pelo uso de nosso distintivo. Sinto que o desinteresse é geral, a começar pelo meu clube, em cujas reuniões, sou um dos poucos teimosos a usar o nosso emblema.

Tenho recriminado constantemente essa falta e já perguntei a alguns companheiros se eles têm vergonha de usar o distintivo do Lions, pois eu o uso há dezesseis anos quando ingressei no Movimento Leonístico.

E por que essa negligência? Para mim, um dos motivos é a falta de autoridade dos Presidentes de Clube.

Recentemente, indo visitar um clube praiano, verifiquei que apenas o presidente e eu ostentávamos os distintivos num universo de mais ou menos quinze companheiros participando da Assembléia Geral Ordinária.

Durante o jantar da referida reunião de Lions observei que o presidente não fez nenhuma menção sobre a falta dos pins.

Entre muitas coisas que o Lions faz e que recomenda, vamos usar o Pim Leonístico, com orgulho e dedicação redobrada.

Aliás, o jantar prolongou-se se alegre, todos à vontade, havia até um companheiro de bermuda, entre comidas, bebidas e conversas, mas nada, nada sobre Lions.

Em verdade companheiros, se falamos tanto sobre frequência e companheirismo, pois "não se concebe Lions na base da ausência nem do desamor", também devemos ter a "coragem" de nos identificarmos, a fim de servir alguém, a qualquer hora, em qualquer parte, Leão ou não. E como é bom servir!

Alguma coisa precisa ser feita já, logo e agora pelos atuais e futuros governadores, sugerindo multas de verdade nos Estatutos dos clubes, cujo valor seja creditado na Verba de Atividades, ou criando outras maneiras mais rigorosas para atingir os negligentes.

Entre muitas coisas que o Lions faz e que recomenda, vamos usar o Pim Leonístico, com orgulho e dedicação redobrada.

Mas se você companheiro, tem vergonha de usá-lo, por favor, procure outro caminho

Companheiro, não seja um Leão Secreto.


CL Paulo Fernando Silvestre * CL Paulo Fernando Silvestre
Editor do site Instruções Leonísticas
Membro da Escola de Preparação de Líderes do Distrito LC-2
Assessor de Instruções Leonísticas do APLIONS
Associado do Lions de São Paulo - Ipiranga - DLC-2
E-mail: paulo@instrucoesleonisticas.jor.br
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".