Entre Aspas

Entre aspas

Os trechos abaixo foram compilados a partir de instruções leonísticas ou de artigos publicados neste site. Abaixo das aspas, existe o título do original e o nome de seu autor. Para ler a íntegra do texto, basta clicar sobre seu título.

Esta seção é atualizada mensalmente. Para ler as seleções de meses anteriores, basta clicar no mês, na relação à direita da tela.


"O interesse do companheiro pelo Lions cresce à medida que ele compreende o seu funcionamento, pois em verdade, não se ama aquilo que não se conhece. A inércia, o desinteresse e a deserção de muitos sócios são decorrentes mais do desconhecimento do que seja realmente Lions, do que da falta de vontade para a ação leonística"
(Presente de R$ 10,00, eis o problema - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"Hoje, nós adultos e leões, chegamos à idade da razão e estamos nos preparando para partir, porém ainda há um tempo determinado debaixo deste céu azul, para pedir a Deus que nos dê força e inspiração para a formação de um clube de jovens em nosso Lions Clube, pois assim juntamente com eles estaremos construindo um Brasil mais forte, mais digno e mais respeitado por todos"
(Juventude e Lions - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"Nós só temos uma chance de dizer não em Lions. É quando nos convidam para ingressar em Lions; nessa ocasião podemos dizer não! Depois disso, as nossas chances terminam; como Leões, nós jamais podemos dizer não quando existir uma oportunidade de servir. Podemos dizer: Vou tentar. Farei o possível. Vou me esforçar para arranjar tempo".
(O merecido valor do Lions - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"A partir do momento que o ex-governador, voluntariamente aceita uma indicação e passa a exercer um cargo dentro do seu distrito, ele deve assessorar o governador e suplementar os esforços deste em tarefas de difícil execução, principalmente no trabalho de fortalecer os clubes fracos, infundindo entusiasmo aos clubes, utilizando a experiência adquirida no passado, a serviço do futuro de nosso distrito".
(Ex-governador: uma força no Lions - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"Ao empregarmos o termo"vender", queremos dar a esta palavra o significado honesto e justo que, em nosso entender, é o único que um leão deve compreender. Nesse caso"vender"Lions significa explicar aquilo que ele representa para a comunidade, como um todo, e para o homem que deverá pertencer ao Lions local, em particular".
(Devemos vender Lions? - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"Que decepção deve sentir o Leão, quando ao se deparar com o seu ideal de servir, não encontra em sua domadora e companheira, na mulher de sua vida, o mínimo interesse pelo que ele é. Como compartilhar com os outros companheiros, se no aconchego do seu lar ele encontra a mulher que, feita para ele, nega-se a compartilhar do seu ideal".
(Domadora: uma força no Movimento Leonístico - CL Paulo F. Silvestre - LC-2)

"Através da comunicação, mais precisamente da propaganda e de um programa regular de relações públicas, o Lions tem procurado repercutir junto ao público externo, isto é, às autoridades, às lideranças comunitárias e à sociedade como um todo, o ideais, os projetos e as atividades que dão sentido ao nosso movimento, procurando motivar outras pessoas, fora de nossos quadros, a adotá-los e praticá-los, ajudando-nos a promover o sublime ideal de servir".
(Marketing Leonístico. A comunicação levada a sério - CL Paulo F. Silvestre - LC-2)

"Dada a natureza desinteressada dos nossos serviços, não tem sido difícil ao Lions obter espaços na mídia dos bairros e municípios abrangidos pelo nosso distrito. Sempre que somos notícia, sempre que produzimos acontecimentos de interesse público, temos merecido a acolhida gratuita da pequena e média imprensa. O problema é que nem sempre somos notícia, nem produzimos fatos e acontecimentos de interesse público. A dificuldade do Lions não está, portanto, em veicular suas mensagens, mas em criá-las".
(Marketing Leonístico. A comunicação levada a sério - CL Paulo F. Silvestre - LC-2)

"Para que possamos atingir o objetivo de aumentar o quadro social do nosso distrito é necessário que cada leão traga para o convívio de todos, mais um companheiro. O raciocínio é matemático: se cada leão tiver em seu clube um afilhado com o seu perfil leonístico, este clube está fadado ao sucesso.

Pelo futuro do nosso Distrito! Traga mais um, pelo menos um companheiro".
(Traga mais um, pelo menos um - CL Paulo Fernando Silvestre - LC-2)

"Assim, os tratamentos devidos, legais, socialmente corretos, realizados em conversas, discursos, apresentações ou qualquer outro ato com Companheiro ou Companheira que esteja numa função diretiva é de"dirigente leonístico"e não"autoridade leonística", já que não há qualquer subordinação necessária, por ter sido estabelecido alguma ordem de dependência de inferior a superior, ou do que é dominado ao que domina. Não há dependência, dominação, subjugação ou sujeição."
(Autoridade ou Dirigente Leonístico - CL Ireneo Valdir dos Santos - LD-5)

"Não há como privar-se da presença do Tesoureiro naquelas atividades que envolvem movimentação dos fundos Administrativos e de Atividades. Ele deve preparar-se para estar presente, atuando de acordo com as expectativas que nele foram depositadas quando eleito. Na hipótese de impossibilidade de comparecimento, deve, antecipadamente e com o tempo adequado, providenciar sua reposição pelo Tesoureiro Adjunto ou por algum outro companheiro. Jamais deve transferir a incumbência de seu cargo para o Presidente ou deixar a atribuição sem um representante".
(O Tesoureiro - CL Luiz Carlos de Oliveira - LC-3)

"Da mesma forma, vejo em outros clubes a existência de idêntico problema: a falta de sensibilidade para perceber qual a maior carência da comunidade e a ausência de aproveitar o potencial dos Leões e carreá-lo para um projeto único, constante, que se transforme no marketing do clube junto à comunidade, levando-a a conhecer e a admirar aquele clube de Lions".
(O marketing de um clube de Lions - CaL Rosinha Menezes - LC-11)

"É preciso"vender"a idéia de que ser Leão é bom, mas para tanto, é necessário que saibam que existe um clube de Lions no local e que tipo de obra este clube está realizando. É preciso que o sintam potente e, para tanto, o binômio OBRA / MÍDIA é um caminho, como outros caminhos podem ser encontrados; depende da vontade e da criatividade dos Leões".
(Fórum: "decréscimo de associados" - CL Adonai de Ávila Camargo - LD-3)

"O bom Mestre de Cerimônias não deve subtrair a atenção para si, mas conduzi-la aos outros protagonistas da solenidade. Suas intervenções facilitam o encaminhamento de cada um dos momentos que compõem a ocasião, tal qual um maestro, que conduz e harmoniza a música da orquestra".
(O Mestre de Cerimônia - CL Luciano Guimarães Pereira - LC-4)

"Mas no Brasil como em Portugal, será necessária uma grande mudança de mentalidades, pois o Lionismo, deverá despir-se de burocracias, de jantaradas inúteis , de compradios, de trampolins para chegar a determinada posição só porque se é rico, mas muitas vezes desprovido de massa encefálica, e, entendem alguns(que são muitos), que esse é o caminho correcto para atingir o seu status".
(Ser Lion e ser voluntário - CaL Maria Odete G. da Rocha - Distrito 115CN - Portugal)

"No leonismo, portanto, o reconhecimento é a única recompensa necessária e Companheiros ou Dirigentes que ignoram ou menosprezam essa prerrogativa estão, indiretamente, desestimulando a participação de Clubes e até afastando associados de grande mérito e com louvável história de amor e dedicação".
(Dádiva do reconhecimento - CaL Eunice Rodrigues de Mello Junqueira - LC-2)

"Ser líder é ter o perfil de mediador articulado a ousadia e ao conhecimento de relações humanas, pois através dos tempos, o papel de líder vem sofrendo profundas modificações, principalmente quando a humanidade não aceita mais aquela pessoa, autoritária, mandatária, que somente sua palavra é lei".
(Ser líder: uma árdua missão - CL Luiz Mar Sória - LD-5)

"Muitas vezes é preciso saber renunciar em prol do leonismo, não deixando o nosso clube em lugar distante de nossas prioridades e do nosso tempo. Quem tem muito tempo na vida, nunca terá tempo para o leonismo, pois aqui neste movimento, todos são muito ocupados e responsáveis, e o tempo, para servir e para o companheirismo, nós o fazemos dentro de nossas prioridades".
(O que o Lions representa para você? - CL Antonio Douglas Zapolla - LC-6)

"O leonismo tem necessidade de expandir-se. A expansão é a própria essência do Leonismo. Não querer expandir é estagnar. Estagnar é retroceder. E para que nossa expansão com qualidade se torne realidade todas às cautelas e precauções devem, todavia ser adotadas na admissão de novos associados, bem como na fundação de Clubes".
(Crescimento do Leonismo - CL Waldo Melazzo - LB-3)

"A conclusão é palpável: o nosso futuro só depende de nós mesmos. Temos de cumprir agora o nosso dever, pois o futuro é instantâneo. É fazer valer a nossa determinação, coragem e autoconfiança e, sobretudo amor ao Leonismo para obtermos o seu crescimento".
(Para onde caminhamos... - PDG José Aristóteles Falcão - LA-3)

"Considerando o assunto Conselhos Distritais, concordo que deve ser de máximo 01 (um) dia, a não ser que seja a 4ª Reunião que é coligada à Convenção do Distrito em que o ideal é ½ dia para o CD, à noite a abertura oficial da Convenção (geralmente parte social e seguida de um coquetel) e no dia seguinte, as reuniões de trabalho"sempre", com uma pauta ou programação eficiente, detalhada e concreta, evitando-se longos pronunciamentos geralmente sem eficácia ou finalidade prática e, meramente para aparecer ou se manter sob"a luz dos holofotes e pretendendo ficar em voga na vitrine"".
(Participação, democracia e modernismo - PDG Ernesto Martin Barmann - LD-1)

Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".