Fórum: "decréscimo de associados"

Instrução Leonística proferida durante Assembléia Geral Festiva Conjunta dos Lions de Pelotas/RS, em 26 de abril de 2007
CL Adonai de Ávila Camargo *
Tenho o prazer e a honra, hoje, de lhes contar sobre um fórum cujo tema é "Decréscimo de Associados". Este fórum está sendo desenvolvido pela Internet, numa confraria virtual que reúne CL, CaL. DM e C.LEO de todo o Brasil. Essa confraria foi batizada de APLIONS (Apaixonados por Lions) pelo seu criador - CL Luiz Mar Sória - o qual grande parte dos companheiros aqui presentes conhece, pois foi presidente do Lions Pelotas - Laranjal, por dois mandatos sucessivos, de 1993 a 1995. O CL Sória acaba de enviar uma mensagem parabenizando nosso clube pelo seu aniversário, a qual estou entregando ao nosso presidente.

A APLIONS já conta com 130 membros e vem crescendo a cada semana. Essa confraria não pretende substituir os clubes de Lions; nossa intenção é trocar experiências entre companheiros de todos os rincões para que revigoremos os nossos clubes.

As pessoas ingressam num Clube de Lions por muitas motivações, mas a principal delas é doar voluntariamente seu tempo para ajudar os necessitados. Se não for proporcionada a estes membros a satisfação que buscam; se sentirem que suas contribuições não são necessárias e valorizadas, eles procurarão, em outro local, uma oportunidade de servir como voluntário.

Recorro agora a algumas idéias extraídas do pronunciamento do nosso Presidente Internacional Jimmy Ross, que ressaltou a necessidade de renovação do Lions:

"Não podemos ficar resistindo e continuar a fazer o que fazemos só porque foi assim que sempre fizemos. Precisamos de criatividade, inspiração e engenho, e não meras imitações ou repetições. O que funcionou há décadas ou mesmo há uma década pode não funcionar hoje. E, se funciona hoje, pode não funcionar amanhã. Temos que estar dispostos a fazer uma renovação do clube, uma reinvenção do nosso clube se isto for preciso."

Os principais tópicos do nosso fórum, na internet, em consonância com os objetivos apontados pelo nosso Presidente Internacional, são:

  1. Reuniões longas e enfadonhas
  2. Facções em clubes e política - partidária
  3. Falta de envolvimento significativo
  4. Porque os associados deixam o clube
  5. Como enfrentar os desafios da evasão de associados
Vejamos agora algumas idéias a respeito desses tópicos. Ressalto que não são verdades absolutas, prontas, acabadas; são apenas sugestões de companheiros que surgiram para nossa reflexão e debate:

1 - REUNIÕES

É preciso que cada reunião seja planejada, tenha uma pauta definida e, na reunião, seguir essa pauta. Se surgirem assuntos não-urgentes, devem ser incluídos na pauta da próxima sessão.

As reuniões devem começar e terminar no horário estipulado, salvo quando há assunto relevante e urgente.

Comunicação via internet: deve ser usada, porém reunir pessoalmente é muito mais caloroso. É um contato imprescindível em nosso relacionamento (cumprimentar, abraçar, olhar, trocar idéias na base do "olho no olho"), pois dessa forma podemos sentir a receptividade, ver as reações, elogiar na hora certa e muitos outros aspectos positivos. Em um clube há que se requisitar a presença constante.

A internet, queiramos ou não, vai estar cada vez mais presente em nossas vidas; se aprendemos a utilizá-la agora estaremos nos adiantando. A internet tem seu valor para auxiliar a nossa comunicação antes e depois das reuniões, em diversas atividades, com alguns dias de antecedência, dando a todos a oportunidade de ler e refletir se existe algo a ser acrescentado ou suprimido : enviar ata da reunião passada; a pauta da próxima reunião; a programação quinzenal ou mensal do clube; relatórios de tesouraria, de campanhas e de eventos do clube, alterações de pauta e de programação, inclusão de assuntos ou de opiniões, posicionamentos e votos de companheiros que não possam estar presentes na próxima reunião, etc.

O computador facilita até a vida daqueles que, por qualquer razão, não o usam: possibilita que, para estes, sejam distribuídas, na hora da reunião, cópias dos documentos enviados aos outros pela internet. Assim, o tempo que temos em nossas reuniões é maior para decidir assuntos de interesse da cidadania e da comunidade.

Quanto à utilização da palavra por cada companheiro deve ser objeto de norma fixada pelo clube, para dar oportunidade a que outros se manifestem e/ou não alongar a reunião além do previsto, sendo que o presidente da sessão ou o mestre de cerimônia deve estar atento ao cumprimento dessa norma.

Nas Reuniões de Diretoria e nas Festivas realizadas a cada mês, podemos introduzir mudanças, adequações e, conforme propõe o Pres. Internacional CL Jimmy Ross, ousar mais, inventar, tornar mais participativas as Assembléias.

O tema "como dirigir uma reunião" deveria ser obrigatório nos seminários, na preparação de Líderes, em palestras dadas por especialistas na área .

2 - FACÇÕES

Lions Internacional publicou um boletim onde trata do problema de facções. Neste boletim, lemos: "É importante reconhecer que é muito comum a formação de facções em grandes grupos e que nem todas as facções são inerentemente 'más' ...... No entanto, se estes subgrupos estiverem fazendo alguns associados se sentirem excluídos, ou estiverem afetando o bom funcionamento do clube, eles serão nocivos. As facções podem ser minimizadas se todos os associados se sentirem parte do grupo como um todo".

Nossos estatutos proíbem o sectarismo religioso e o partidarismo político, que são a origem de facções perniciosas e que podem destruir um clube. Mas, não proíbem a religiosidade universal (temos a Invocação a Deus e a Oração durante nossas cerimônias) nem proíbem a Política com "P" maiúsculo, que trata do Bem Comum do Cidadão e da Nação; tratam de VALORES, dos quais falaremos mais adiante.

Temos também a Política Leonística, feita pelos associados que desejam exercer um cargo diretivo (para eleger o Presidente Internacional, o Presidente do Clube , o Governador Distrital, o Presidente do CG e os Diretores Internacionais) e devemos ter cuidado para que, uma vez que tenha findada a eleição, o clube permaneça unido, sem divisões.

3 - ENVOLVIMENTO

O Envolvimento resulta da confiança que temos nos nossos líderes e companheiros de clube. Decorre naturalmente de pequenas e simples ações, tais como:


4 - PORQUE OS SÓCIOS DEIXAM O CLUBE

Na evasão de associados, as principais causas são por demais conhecidas:


5 - COMO ENFRENTAR OS DESAFIOS DA EVASÃO DE ASSOCIADOS É preciso "vender" a idéia de que ser Leão é bom, mas, para tanto, é necessário que saibam que existe um clube de Lions no local e que tipo de obra este clube está realizando. É preciso que o sintam potente e, para tanto, o binômio OBRA / MÍDIA é um caminho, como outros caminhos podem ser encontrados; depende da vontade e da criatividade dos Leões.

O movimento tem que ser tão dinâmico quanto as mudanças da sociedade.

Os serviços do clube estão voltados para a Assistência Social? (clubes beneficentes, doações de cestas básicas ou de roupas e brinquedos para Natal de crianças) ou para a Inclusão Social? (levantamento de qual é a maior carência da comunidade: segurança, educação, emprego, combate às drogas e à violência, valores éticos e morais)

No mês passado, o CL Paulo Pimpão Silva, Presidente do Conselho de Governadores do DM-LD, num manifesto dirigido às autoridades do executivo, legislativo e judiciário, ele protesta em nome dos mais de 500 clubes da região sul, em nome dos 12500 associados dos 9 distritos. O seu protesto é contra a corrupção, a impunidade, o desrespeito às instituições e à cidadania, a violência, o tráfico de drogas e outras pragas que atingem toda a nossa Nação e pede providências e medidas fortes e urgentes para combatê-las.

Sirva esse belo e veemente manifesto como um farol a iluminar o caminho que os nossos clubes podem percorrer, pois podemos, cada um de nós, CL, CaL, DM, fazer ecoar a nossa voz em todos os cantos do Brasil, nos diversos campos em que tivermos influência, possibilitando que os nossos valores sejam conhecidos e cultuados pela população, cooperando para a sua educação. Esses valores são aqueles tesouros eternos, que as traças não roem, aqueles que transmitimos aos nossos filhos, como a Educação e a Honra.

Nosso Código de Ética e os Objetivos dos Lions Clubes, há 88 anos, já estampavam, em letras garrafais, os valores que são permanentes, imorredouros, e que nós, companheiros, temos o dever de difundi-los a todos os cidadãos. Esses valores estão impressos em todos os nossos livretos e "folders": reputação, dignidade, lealdade, sinceridade, direito, ética, amizade, espírito desinteressado, deveres de cidadão com a localidade, o estado, o país, caridade, compreensão, bom governo, boa cidadania, bem-estar cívico, cultural, social e moral da comunidade, companheirismo, interesse público e serviço.

Dizem que sem dinheiro nada se faz. Pois sem dinheiro, muita coisa pode ser feita, desde que os Leões em nossas reuniões se proponham a executar metas, a concretizar objetivos, a modificar, a fazer a diferença, em prol das verdadeiras necessidades das comunidades.

É a política não apenas com o "P" maiúsculo que lhes falei no 1º item, mas toda ela maiúscula, a que faz a diferença, a que leva ao povo, com a isenção que todo Leão tem por obrigação cultivar, o conhecimento, a educação, tal como o valor do voto, a importância do eleitor, o exercício da cidadania consubstanciado no ato de escolher os dirigentes, os deveres dos administradores públicos, qual a finalidade de cada cargo político, acentuando-se as diferenças entre os 3 Poderes, a ética que deve permear os atos dos políticos, enfim, tudo que possa, de alguma forma, modificar para melhor um Município, um Estado ou um País.

Sem gastar nada, a não ser a doação do seu tempo, os clubes podem se dirigir às associações de bairro, escolas, igrejas de qualquer culto e fazer palestras sobre estes temas.

A educação formal de jovens e adultos, dos analfabetos funcionais, cabe às escolas, porém podemos cooperar com a sociedade, nas escolas, na mídia impressa e eletrônica.

Mas, a meu ver, para mudarmos o Lions, a cidade, o estado e o país, temos que começar por nós mesmos. Mudemos internamente e externamente para melhor; aprendamos mais, nos esforcemos mais. O mundo está em mutação constante; não fiquemos nós passivos, parados, em silêncio.

Observação:

Este fórum está sendo desenvolvido pela Internet, numa confraria virtual que reúne CL, CaL. DM e CLEO de todo o Brasil. Essa confraria foi batizada de APLIONS (Apaixonados por Lions) pelo seu criador - CL Luiz Mar Sória.

O endereço eletrônico do nosso Grupo é http://br.groups.yahoo.com/group/aplionsclubes/

Quem desejar um convite para participar do grupo é só enviar seus dados (e-mail, nome completo, clube e distrito) para o meu e-mail adonai.a.camargo@gmail.com


CL Adonai de Ávila Camargo * CL Adonai de Ávila Camargo
Lions Clube de Pelotas - Laranjal RS
E-mail: Adonai.A.Camargo@gmail.com
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".