Humildade com dignidade

CL Luciano Guimarães Pereira *

"Senhor Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes
e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos.
Se me dás fortuna, não me tires a razão.
Se me dás sucesso, não me tires humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.
Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda, a não acusar de traição
o outro se apenas ele discorda do meu ponto de vista.
Não me deixes cair na tentação do orgulho do triunfo, nem cair no desespero se fracasso."

Recebi esta bela oração atribuída a Gandhi.

Chamou-me a atenção o trecho central, onde se pedem virtudes complementares. Fortuna com razão, sucesso com humildade e humildade com dignidade.

O autor não teme apenas ser bem sucedido e perder a humildade, mas possuir humildade ao custo da dignidade.

Não compreendi, num primeiro momento, como seria possível conceber a humildade despida da dignidade. Exaltada como excelência entre os bons atributos do espírito, é instigante ver a preocupação da prece em pedi-la na justa medida da dignidade.

Não foi me demorando na reflexão passiva que apreendi o sentido do texto, mas numa caminhada. É cena corriqueira sermos abordados na rua por aquele mendigo que nos pede alguns trocados. No seu olhar tardio e na sua fala baixa há uma indiscutível e indesejável humildade. A humildade de quem foi atropelado pela vida ou pela própria incapacidade de reagir à sua condição.

Acredito que Gandhi falava disso quando pedia humildade com dignidade.

Com efeito, a humildade está presente em muitos apenas como resquício da dignidade perdida.

Nós leões nos deparamos com essa condição em nossas atividades, principalmente as filantrópicas. Em quase todos os olhares necessitados, apresenta-se uma humildade servil, machucada. As pessoas são humildes, mas perderam sua dignidade, adestradas que foram pelo adverso.

Refletindo sobre isso, acredito que nossas ações voltadas às pessoas necessitadas devem ser imbuídas de um "solavanco". Não podemos apenas satisfazer a carência daqueles que precisam. Temos que ousar conclamá-los a recobrar sua dignidade, a levantar os olhos sem medo ou atrevimento, mas com a consciência de que a dignidade é um atributo do qual ninguém pode se despir. É condição íntima que dá sentido e sabor a todas as outras virtudes e propicia as verdadeiras mudanças sociais.

Um abraço a todos!


CL Luciano Guimarães Pereira * CL Luciano Guimarães Pereira
Assessor de Juventude do Distrito LC-4
Assessor de Comunicação e Divulgação do DMLC
E-mail: efgp@uaivip.com.br
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".