O indispensável bom senso

CL Antonio Benson Júnior *
Nunca sentimos tanto, como hoje em dia, a falta de bom senso. Decisões estapafúrdias são tomadas pela Justiça, medidas equivocadas tomadas por pessoas influentes, ações desastradas executadas por professores, incompetência de profissionais liberais na execução de obras de vulto ocasionando mortes e grandes perdas financeiras.

Mas o que vem a ser bom senso? Na minha modesta ótica, bom senso é a capacidade de se executar uma ação ou uma reação de maneira simples e mais racional possível. Em se tratando de algo que venha a ter custo, no melhor custo x benefício possível.

Ter bom senso não é privilégio de quem seja universitário, PHD (doutorado) enfim pessoa letrada. É uma virtude que pode ser encontrada tanto na pessoa de grau escolar superior, como no pessoal que trabalha pesado e tenha um grau de escolaridade bastante baixo.

De uns anos para cá, percebemos que esta virtude vai cada vez mais se escasseando entre as pessoas. Parece que parte do mundo perdeu o rumo e as coisas são feitas sem se pensar muito. Não é apenas um fenômeno nacional, pois os doutores Laurence J. Peter e Raymond Hull já citavam, na década de 70, em seus estudos a incompetência, atribuindo-a à falta de bom senso.

Em seu famoso livro "THE PETER PRINCIPLE" descrevem casos em que evidenciam a incompetência por falta de bom senso, tais como:

  1. Em Houston, Texas, USA, um estádio de Baseball foi precocemente aposentado, pois após sua inauguração constatou-se que em dias mais claros, contra a luz da clarabóia, os jogadores não conseguiam enxergar as bolas arremessadas. Ninguém teve o bom senso de verificar isso que inviabilizou o estádio, causando milhões de dólares de prejuízo.
  2. Ruiu uma grande ponte rodoviária de quilômetros de comprimento nos EUA por construção de um pilar sem a estrutura adequada.
  3. Projeto e construção de uma cidade na baixada de um grande rio também nos EUA, que a todo ano se inunda nas temporadas de chuvas (Vide as nossas avenidas marginais).
  4. Desabamento de três enormes torres de refrigeração de uma central elétrica britânica, que haviam custado milhões de dólares e não foram capazes de resistir a uma boa ventania.
  5. Um navio de guerra australiano ao ser inaugurado, constatou-se que os reservatórios de água tinham sido pintados com zarcão, na sua parte interna, o que teriam envenenado todos a bordo, se o fato não fosse descoberto.
  6. Na febre da conquista do espaço, foguetes americanos não saíram do solo porque algumas peças de poucos dólares quebraram, alguns dispositivos não funcionaram ou algo disparou antes da hora.
  7. Os americanos, preocupados com os relatos que os astronautas deveriam fazer durante as viagens interplanetárias, gastaram dois milhões de dólares desenvolvendo uma caneta especial, já que as comuns não funcionam por causa da gravidade. Os russos com orçamentos infinitamente inferiores, deram lápis para os astronautas e conseguiram o mesmo objetivo.
Recentemente correu solto no site "YOUTUBE", uma apresentação que é uma palestra sobre a solução encontrada por dois engenheiros contratados por uma indústria de dentifrícios localizada aqui no Brasil, que foi processada por um consumidor que comprou na farmácia uma pasta dental e só recebeu a caixinha fechada sem nada dentro. A indústria pediu uma solução para o caso aos seus engenheiros e eles desenvolveram um equipamento de oito milhões de reais que identificava a caixa sem o tubo da pasta e fazia a reposição do conteúdo, resolvendo o problema.

A notícia correu pelo segmento industrial e uma concorrente quis tomar conhecimento do tipo de solução encontrada. Marcou-se então uma demonstração para um determinado dia e neste dia, os engenheiros notaram que a máquina empacotadora não tinha a ela acoplada o equipamento que fora especialmente construído por eles. Indagando o operador, ele argumentou que o equipamento desenvolvido por eles atrasava o empacotamento e por isso ele colocou um ventilador ao lado que cumpriu a missão direitinho, isto é, deslocava para o lado a caixa vazia, com isso segregando as caixas de não continham tubos, sem atrasar o empacotamento. Quer dizer, uma solução de R$ 30,00 reais foi mais eficaz que uma solução de oito milhões de reais.

Mas alguém poderia dizer: o que tudo isto tem a ver com o leonismo? Ora, nossos clubes vivem numa escassez de recursos. Suas taxas são, muitas vezes, altas porque acham que isso valoriza o Clube, quando poderiam baixá-las e canalizar esse montante para festas beneficentes, bingos etc., que poderiam angariar recursos para campanhas bem orientadas.

Quantos clubes foram fechados por falta de bom senso. Em certas áreas do Movimento Leonístico, estão faltando, além do comprometimento, da vontade de servir, o velho bom senso para se descobrir novas formas para o trabalho voluntário sem exaurir o bolso dos próprios companheiros/as.

Vamos fazer o mais simples, o mais útil e principalmente, ter como lema "ensinar a pescar e não dar o peixe, somente". Por isso, programas sociais devem ser a prioridade em vez de se fazer apenas programas assistenciais como por exemplo doações a creches e asilos..

Fazer campanhas para a preservação do meio ambiente: racionalização do uso da água; reciclagem do lixo; alerta para não se jogar as baterias no lixo e sim em recipientes especiais; alertar para não se jogar o óleo comestível na pia, pois isto causa entupimento na rede de esgotos, ocasionando recursos financeiros no trabalho de desobstruí-la que poderiam ser usados para outros fins.

Campanhas para a doação de órgãos, para a doação de medula. Há enfim uma gama grande de necessidades e basta apenas a vontade de trabalhar..

Para quem não sabe, o serviço de "Disque Denuncia" é operado por uma ONG com recursos do Governo do Estado. Será que não há nenhum Clube de Serviço nem mesmo um Distrito disposto a fazer o mesmo?

Uma vez sugeri numa reunião do CONSEG IPIRANGA que a Polícia Civil e a Policia Militar deveriam cadastrar todos os seguranças particulares de cada região da cidade, pois a grande maioria tem celulares e até telefones fixos cedidos pelos moradores. Em troca de carteiras de colaboradores policiais e outras pequenas vantagens, eles poderiam ser os olhos da Policia em cada canto da cidade. Com isto, teríamos um policiamento preventivo, que há muito deixamos de ter por falta de homens e recursos públicos. Tal solução pode não ser a ideal, mas muito mais eficaz do que o policiamento precário que dispomos hoje. Os representantes das corporações no CONSEG alegaram falta de recursos humanos e materiais para este trabalho.

Isto seria, por exemplo, uma oportunidade para um Distrito de Lions encampar. Se nos unirmos Clubes e Distrito, poderemos desempenhar um papel destes, de grande utilidade pública, que certamente irá valorizar o nome do LIONS como uma ONG séria que realmente presta serviços altamente reconhecidos pela sociedade.

Pensemos sobre o nosso papel como companheiro/a leão e principalmente, trabalhemos, com muito bom senso, para que todos se orgulhem de nós no futuro.


CL Antonio Benson Júnior * CL Antonio Benson Júnior
Associado do Lions Clube de São Paulo - Ipiranga
São Paulo - Distrito LC-2
Membro da Confraria APLIONS (Apaixonado por Lions)
E-mail: abensonjr@terra.com.br
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".