Unir talentos com visão solidária

CL PDG Jaldir Antônio Bunn *
Pronunciamento o CL PDG Jaldir Antônio Bunn
1º Vice Presidente do Distrito Múltiplo-LD AL 2009/10,
na sessão Solene de Instalação da 1ª Reunião do CG/DM-LD
na cidade de Fraiburgo - SC em 01 de Outubro de 2009.

Companheiro Presidente

Que minhas primeiras palavras sejam dirigidas a Deus Criador do Universo.

Senhor, "que eu faça de mim um homem sereno
dentro de minha própria turbulência".
"Que eu saiba perder meus caminhos mas
saiba recuperar meus destinos com dignidade".
"Que eu jamais fique só, mesmo quando eu me queira só".
"Permita-me, Senhor, eu ensinar o pouco que sei e aprender
o muito que não sei". (Oração a Mim Mesmo", Osvaldo Antônio Bigiato).

Estimados Companheiros, Companheiras, Domadoras e LEOs, o mundo se nos apresenta num turbilhão de avanços tecnológicos em todas as áreas, mas, também campeia no total desrespeito ao ser humano. Os ditos mais espertos subjugam com sua ganância os menos afortunados e o fazem no maior cinismo e desfaçatez.

Vemos Governos que através de seus poderes, manipulam pessoas, desviam recursos financeiros, de forma explícita, e, acham normal, enquanto nações são atiradas na miséria. Grupos morrem e mutilam-se uns aos outros, por faltarem-lhes um pequeno naco de pão e um copo d'água, esta, em razão da destruição dos mananciais e da natureza que já não lhes é mais tão pródiga.

Com tanta destruição, a dignidade humana sucumbe e, a paz que deveria ser permanente entre os homens, sofre sérios e contínuos reveses. Precisamos urgentemente mudar essa imagem, precisamos desfraldar a bandeira da paz e da justiça, trazer a tona, a célebre frase do Papa Pio XII, "A paz é obra da justiça", e, do Papa João Paulo II: "A paz é fruto do respeito aos direitos humanos". Direitos esses consagrados na Declaração Universal dos Direitos do Homem e, um dos pilares de nossa Carta Magna.

Precisamos fortalecer os Clubes antigos, em dificuldade, e, nos focarmos naqueles que não aceitam a mulher como CaL, estes, através das amigas de nossas adoráveis Domadoras, a quem rendemos todas as homenagens pelo mês de setembro a elas consagrado e, através delas, talvez, consigamos trazer seus cônjuges para o nosso movimento e como CCLL alcançarmos o número necessário em cada um deles.

Assim, nossa profunda admiração, gratidão e respeito, por tudo que vocês domadoras, já fizeram e fazem às Causas Humanitárias. Muitas de vós, com cinqüenta anos, ou mais, de Vida Leonística, sempre ao lado de seus Companheiros Leões, continuam trabalhando, os incentivando e os impulsionando a prosseguirem com amor e tenacidade, engajadas nos empreendimentos humanitários, o que nos faz lembrar, Jean-Paul Sartre "As boas ações elevam o espírito e predispõem-no a praticar outras".

O Lions de hoje, deve tudo ao passado de vocês, ousaram e mudaram o Perfil Leonístico. Assimilaram como ninguém a célebre frase de Melvin Jones,"Você não pode ir muito longe se não fizer alguma coisa por seu semelhante", ou ainda, Helen Keller, "Nunca se deve engatinhar quando se tem o impulso de voar".

Adoráveis Domadoras, vocês a todos atendem, e, uma ou duas vezes ao mês, reúnem-se, fora do compromisso, em jaula, com seu leão. Na casa de uma ou outra Domadora, e ali, se dispõem na confecção de enxovais para bebês, mantas e cobertores, e, fazem-nos para doação as mães carentes, que muita das vezes, batem as suas portas, pedindo sua ajuda humanitária ou os encaminham as inúmeras Maternidades Públicas, casas de apoio, que as representam e os repassam as mães necessitadas, amenizando, desta forma, a miséria estampada por estas mulheres e o fazem como discípulas da Irmã Dulce, "A miséria é falta de amor entre os homens".

Além de sua condição de domadora, mãe, mulher, você ainda se desdobra praticando belas ações, num grande trabalho solidário, que muito se espelha ao trabalho de Madre Teresa de Calcutá: "Não importa o quanto você faz, mas o quanto de amor você coloca nas suas ações". Por todo esse trabalho maravilhoso, vocês, nossas adoráveis Domadoras, nossa imorredoura gratidão.

Muitas de vós tendem o dogma da doação eterna, não só, com os afazeres ao lado de seus Leões, como também, pelo sublime momento que abristes as portas de vossos sacrários e abrigastes os óvulos fecundados que as levaram e levarão a lembrar do momento sublime dessa fecundação, o nascimento de seus filhos, bebês, crianças, jovens, adultos e idosos, onde a ligação umbilical jamais se rompeu entre você e ele ou eles. Esse ato sublime, denominado, amor só sucumbirá com o seu último suspiro.

E vós, estimados Companheiros, Companheiras e CLEO, os conclamo a pautarem suas vidas, no Código de Ética do Leão e engajarem-se nos Propósitos de Lions Internacional, aplicando a teoria de Jack Welch, considerado o melhor executivo do século 20, à frente da General Eletric, que numa de suas palestras a formandos de Administração da Universidade de Yale, entre outras coisas, disse aos formandos: "primeiro nós temos que cumprir com a nossa obrigação para depois pensar em diversão..."

Com uma única frase dirigida aos formandos de Administração, Jack Welch, também dá uma lição moral e ética a nós leões, ele nos mostra o caminho a nos conduzir na condição de leões. Estampa ele, nossos deveres e obrigações, vez que, como voluntários, não temos direitos, pois estes sucumbem frente ao voluntariado. Nosso trabalho não consiste em horas, dias, meses, anos trabalhados, mas tempo dispensado na realização de obras que visam alcançar os objetivos da Associação Internacional de Lions Clubs.

Devemos nos focar na proteção do ser humano, sustentabilidade ao meio ambiente e ao meio que estamos inseridos. Se não usarmos desse tripé, se não houver responsabilidade e respeito para tudo que a natureza nos oferece, o grande perdedor somos todos nós. Fatores metereológicos ocorridos nas últimas três décadas, e, incomum nos últimos cinco anos, dentro dos limites de nosso Distrito Múltiplo, dão o tom do que ainda nos espera. Se não pouparmos o planeta terra de nossa avassaladora destruição, poderemos, muito em breve, vermos o chão desaparecer sob nossos pés. Lembrem-se, salvemos a terra agora ou dela seremos expulsos, sem água e sem trigo, (é bíblico), pensem nisso, hajam!

Companheiros e companheiras façamos de nossos Ideais Leonísticos o escudo de proteção àqueles que se engajam conosco, no serviço desinteressado, dando-lhes suporte e sustentação, para proteger o débil, consolar o aflito e prestar solidariedade ao necessitado.

Estimados todos, muitos do povo querem participar de nosso movimento, engajarem-se nos trabalhos solidários, só não o fazem por falta de convites para se juntarem-se a nós. Essa é a hora para que todos os CCLL, CasL, DDMM e CLEOs, do nosso vibrante DMLD interajam e façam com que cada Distrito, seus Clubes, estabeleçam com o programa ACEL a forma de agir.

Devemos agir e rápido antes que outros levem nossos potenciais CCLL, CasL, DDMM e CLEO. Gente, a tarefa requer que estejamos abertos e aptos para acolher esses talentos e trazê-los a nós. Precisamos deles para compartilharmos com os 191 Presidentes dos Países que escreveram e assinaram, em 2.000, a Declaração do Milênio, onde estabeleceram acabar, até 2015, com: a) a extrema pobreza e a fome que grassa; b) assistência a educação básica de qualidade para todos; c) promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; d) reduzir a mortalidade infantil; e) Melhorar a saúde das gestantes; f) combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças; g) garantir a sustentabilidade ambiental; h) estabelecer parcerias para o desenvolvimento.

Como vêem, estamos envolvidos, diretamente, em todas as áreas apontadas pelos signatários da Declaração do Milênio.

Por fim, estimados CCLL, CasL, CLEOs e adoráveis domadoras, precisamos

"UNIR TALENTOS COM VISÃO SOLIDÁRIA".

Sejam Felizes.


CL PDG Jaldir Antônio Bunn * CL PDG Jaldir Antônio Bunn
Primeiro Vice Presidente do Distrito Múltiplo-LD - AL 2009/10
Governador do Distrito LD-9 - AL 1999/2000
Associado do Lions Clube de Florianópolis - Continente - Distrito LD-9
E-mail: jalabu@uol.com.br
Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".