O que é a Lions Clubs International Foundation

A Lions Clubs International Foundation é o Lions ajudando Leões a servir ao mundo. A Fundação aceita doações de Leões e não sócios do Lions e, por sua vez, fornece financiamento na forma de subsídios para ajudar financeiramente distritos do Lions em projetos humanitários de larga escala, que sejam grandes demais para serem financiados pelo próprio Lion Clube. A Fundação ajuda Lions Clubes a ter um impacto maior em suas comunidades locais, bem como no mundo inteiro. Através da LCIF, os Leões aliviam a dor e o sofrimento e levam cura e esperança para pessoas do mundo todo.

Os subsídios proporcionam tanto assistência imediata após desastres naturais quanto ajuda de longo prazo para esforços de reconstrução de ajuda a vítimas de catástrofes. Os subsídios ajudam a preservar a visão, combater deficiências, promover a saúde ou servir à juventude.

Cada dólar doado à LCIF vai direito para um subsídio. O apoio dos Leões é crucial, pois suas doações fornecem a maior parte da receita da LCIF. A LCIF recebe também uma pequena quantia de fundos provenientes de fundações e empresas. Ela não recebe quotas dos clubes. A LCIF é realmente Leões ajudando Leões.

Desde sua fundação em 1968, a LCIF concedeu aproximadamente 8.000 subsídios, totalizando US$ 566 milhões.

A Lions Clubs International Foundation, divisão de subsídios do Lions Clubs International, leva ajuda, esperança e cura para o mundo.

A LCIF permite ao Lions combater problemas globais, como cegueira e surdez, e ajudar em grandes catástrofes, como terremotos e inundações. Mas a LCIF também ajuda o Lions a atender às comunidades locais, formando parcerias com elas para a construção de escolas, clínicas de saúde e centros de treinamento vocacional para portadores de deficiências.

A LCIF ajuda as pessoas a viver de forma mais saudável e produtiva. Ela combate a cegueira desnecessária por meio de cirurgias de catarata, construindo e equipando hospitais oftalmológicos e clínicas de olhos e aumentando a conscientização em relação às doenças de vista.

A LCIF incentiva o potencial dos jovens, construindo escolas e apoiando o programa Lions-Quest de habilidades para a vida. Ela também promove a saúde, construindo e equipando clínicas médicas; oferece assistência aos idosos, construindo centros para idosos; capacita deficientes, apoiando programas vocacionais; e ajuda as vítimas de desastres por meio de projetos de reconstrução e de ajuda de curto prazo.

Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".