Biografia de Armando Fajardo, Leão Número 1 do Brasil

Armando Fajardo, Leão Número 1 do Brasil Armando Fajardo nasceu em Madalena, Rio de Janeiro, em 12 de outubro de 1893.

Filho de tabelião e neto de fazendeiro. Meninice de interior, até os 13 anos, quando veio para o Rio de Janeiro continuar os estudos.

Fez o secundário no internato do Colégio Pedro II e bacharelou-se em Direito. Bom estudante, melhor desportista.

Casou-se em 1924, com D. Branca Tavares Fajardo.

Ocupou vários cargos de relevo na vida pública e recebeu inúmeros títulos honoríficos nacionais e estrangeiros que muito o dignificaram. Assim, entre outros, foi Secretário Geral da universidade do Brasil; Secretário do Conselho Universitário; Oficial de Gabinete de três Ministros de Educação; Secretário dos Institutos de Alta Cultura Luso-Brasileiro; foi um dos fundadores do primeiro reitorado do Brasil; ocupou funções destacadas no esporte e no turfe brasileiro.

Tomou contato com o leonismo através de seu cargo de Diretor do Jockey Clube Brasileiro quando, no Uruguai, assistia o clássico "Armando Fajardo", homenagem que, lhe prestavam por haver pacificado os turfistas de Montevidéu. Na capital cisplatina, impressionou de tal sorte os dirigentes de Lions Internacional que motivou um honroso convite - ser o introdutor o leonismo no Brasil.

Haviam escolhido o homem certo. Em 16 de abril de 1952 era fundado, com 40 associados, nosso primeiro Clube de Lions, célula inicial do Lions Clube Rio de Janeiro - Centro, o Mater Clube do Brasil. Fajardo foi o seu primeiro secretário, não quis a presidência.

Com o dinamismo, a palavra fácil, cativante e convincente de Armando Fajardo, o movimento cresceu célere em nossa terra.

Impossível, nos moldes deste trabalho, enumerar todos os cargos ocupados e as campanhas realizadas pelo "Construtor do Leonismo Brasileiro" e, bem assim, dos títulos e condecorações que recebeu.

Eis o probo e exemplar chefe de família, o amigo leal, o homem dotado de uma indômita força de vontade.

Assim foi o saudoso Leão Número 1 do Brasil.

Faleceu em 13 de junho de 1969.

(Fonte: Leão Sabido: Áureo Rodrigues - Diretor Internacional 1965/1967)

Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".