Hospital mantido pelo Lions é o segundo maior transplantador de córneas do país

Alta tecnologia e qualidade no tratamento fazem da Fundação Banco de Olhos de Goiás um dos maiores complexos de oftalmologia do Brasil
Edifício da Fundação Banco de Olhos de Goiás A Fundação Banco de Olhos de Goiás é o complexo de oftalmologia mais avançado das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, a segunda maior instituição brasileira transplantadora de córneas. Já realizou mais de 20 mil cirurgias de catarata, quase 7 mil transplantes e possui moderníssimos equipamentos.

A Fundação Banco de Olhos de Goiás, é uma entidade privada, com fundamento estritamente beneficente, administrada pelos Lions Clubes de Goiânia.

História

A história da Fundação Banco de Olhos de Goiás começou em 1978, Quando foi criado o Banco de Olhos de Goiânia, numa pequena sala do Hospital das Clínicas de Goiânia. Desde esta época até o ano de 1983 o Banco de Olho realizou 135 transplantes.

Em 17 de abril de 1984, os Lions Clubes de Goiânia transformaram o Banco de Olhos de Goiânia na Fundação Banco de Olhos de Goiás. Seu primeiro Presidente foi o PID Zander Campos da Silva. Até o final dos anos 80 realizamos 172 transplantes. Na década de 90, até dezembro de 2002, a Fundação Banco de Olhos de Goiás realizou mais de 3.500 transplantes.

Em 1998 a Fundação Banco de Olhos de Goiás classificou-se em primeiro lugar em transplantes de córnea no Brasil, com 408 transplantes no ano de 1998. Assim, cerca de 30% dos transplantes realizados no Brasil são feitos em Goiânia, conforme a ABTO (1999). A Fundação sempre apoiou e realizou campanhas de combate à cegueira reversível. Mais de 13.000 idosos carentes já foram atendidos através de cirurgias de catarata dentro do Programa Sight First.

Uma grande conquista da Fundação Banco de Olhos de Goiás foi o consultório Móvel Volante, com capacidade média de 200 consultas por dia. Este Programa de Acuidade Visual já atendeu mais d 735.000 alunos do primeiro grau em Goiânia e em mais de 230 cidades do interior de Goiás.

Presidente de Lions Clubes Internacional 1996/97, Augustin Soliva, inaugura Hospital no dia 23 de Outubro de 1996 Em 1999, inauguramos nossa Residência Médica em Oftalmologia, com Quatro médicos. Em janeiro de 2000 mais três médicos iniciaram a Residência Médica com especialização em oftalmologia em nosso hospital-escola. No ano 2001 são 9 médicos que se especializaram aqui na Fundação. Em 2002 continuam 9 médicos, e até em 2003, somam um total de 15 médicos com especialização na Fundação.

Estamos atuando também na prevenção e conscientização do diabetes, tratando problemas de retinopatia diabética. Atualmente estão sendo atendidos 1000 diabéticos por uma equipe multidisciplinar formada por cardiologista, endocrinologista e retinólogo, em palestras e reuniões semanais às 2ª feiras, no auditório da própria Fundação no Jardim da Luz. Este é mais um Programa Sigh First de Lions Clubes Internacional.

Nosso centro cirúrgico possui quatro salas de cirurgia com modernos equipamentos, onde cerca de 38 oftalmologistas realizam cirurgias tais como de Catarata, Estrabismo, Pterígio, Tratamento de Glaucoma, Retinopatia Diabética, Transplantes de Córnea e Cirurgias a Laser.

A Fundação se orgulha de estar devolvendo a visão a crianças e idosos carentes, num trabalho sério e dedicado de médicos, enfermeiros e companheiros leões, domadoras e leos.

Hospital

Projeto do renomado arquiteto Silas Rodrigues Varizzo, com grande experiência em projetos hospitalares. O hospital ocupava em 1996 uma área de 1680m com dois blocos. Em 2001 está área foi aumentada para 2.060 m².

A pedra fundamental foi lançada em 8 de janeiro de 1990, por ocasião da III Reunião do Conselho Nacional de Governadores 1989/90 de Lions Clube Internacional, realizada em Goiânia. O ex-Ministro da Saúde Henrique Santillo doou em Convênio R$ 300.000,00. Além da interessante ajuda financeira dos 11 Lions Clubes de Goiânia, que são os instituidores, fundadores e administradores da Fundação Banco de Olhos de Goiás, vieram também outros recursos de várias empresas e entidades, tais como: Cannes Publicidade, Gráfica e Editora Única, Editora Quatro, Carrefour, Reydrogas, Placas Vulcano, Fundação Banco do Brasil, Secretaria Nacional de Assistência Social.

Vale ressaltar que foi o trabalho árduo da Diretoria que propiciou a maior captação de recursos para a concretização do projeto.

Uma das maiores obras no campo da visão, o Hospital da Fundação Banco de Olhos de Goiás tornou-se um importante centro de pesquisa de córnea no Brasil.

A aparelhagem moderna e os recursos humanos envolvidos propiciaram a excelência de qualidade oferecida à população carente.

Não deixe de ler também...
O pequeno Júlio Macarini Pacheco, no momento em que recebe o título de Companheiro de Melvin Jones

Bebê é o mais jovem companheiro de Melvin Jones do mundo

Júlio Macarini Pacheco, com apenas três meses de idade, tornou-se o mais jovem Companheiro de Melvin Jones do mundo! A ideia foi do novo Presidente do Lions Clube Novo Hamburgo - Terceiro Milênio, CL Vilnei Edmundo Lenz, que assumiu a presidência na época do nascimento do bebê, coincidentemente filho de seu antecessor no cargo, Jardel da Mota Pacheco.

 
 
 
 
Clique para voltar à primeira página

Choose other language
Escoja otro idioma
Click the UK flag for a message in English   Haga click en la bandera de España para un mensaje en español

Logotipo I Believe, do Presidente Internacional

Instruções Leonísticas
Clique para voltar à primeira página
Conteúdo relacionado:
Digite abaixo o que procura no site Instruções Leonísticas:
 

Participe do site Instruções
Leonísticas: envie artigos, notícias, links ou eventos.
Clique aqui e veja como.


Sites em destaque:

Leia a coletânea Instruções Leonísticas Motivacionais Logotipo Rosane de las Américas
Visite o site da
Dir. Internacional Biênio 2008/2010 Rosane Vailatti


Visite a Fundação Lions Internacional

Visite o site da AGDL e tome conhecimento de todas as notícias e assuntos atinentes à associação
Associação dos Governadores dos Dist. Múltiplos L
Conheça o Clube Filatélico do Lions Internacional que congrega filatelistas associados dos Lions Clubes em todo o mundo
LISC: Lions International Stamp Club

Leia aqui artigos sobre jornalismo, educação, tecnologia e as combinações disso tudo
A Apple deveria tirar seus advogados de cena e deixar seus engenheiros liderarem a disputa com a concorrência. Ainda mais se pensarmos que a mesma Apple já foi uma "pirata".